PERGUNTAS E RESPOSTAS

  • ¿Qualquer pessoa pode se casar na Argentina, inclusive as que nao sao Argentinas?

 

Si. Argentina é o único país do mundo que nao distingue a residentes nem turistas, para toda a legislacao relacionada com os matrimonios.

 

  • ¿Inclusive para contrair matrimónio entre pessoas do mesmo sexo?

Si! Grão parte desta lei foi para permitir o matrimônio igualitário. Não só para argentinos, para que toda pessoa do mundo saiba que pode vir a contrair matrimónio na Argentina, de maneira legal, oficial, e com reconhecimento internacional.

 

  • A ver se entendimos bem: Nem eu nem meu casal somos Argentinos. Nunca fomos para a Argentina. Não temos familiares argentinos. De fato, não conhecemos nada dalí. ¿Podemos contrair matrimónio, sendo meu casal e eu do mesmo sexo?

 

Sim. Exactamente. Argentina permite e promove os matrimônios igualitários, no marco de uma série de leis para garantizar todas as liberdades relacionadas com os direitos individuais. Argentina é parte de um reducido grupo de 19 países que permitem o Matrimônio Igualitário. De eles, só Argentina permite contrair matrimónio a Não Residentes (turistas). Nao faz falta ter familiares, haver visitado o país, nem importa qual lei há no país da origem dos pretendentes.

Na Argentina, se podem casar todas as pessoas que assim o desejem.

  • Meu casal e eu nao falamos espanhol ¿É isto um problema? ¿Necesitamos saber ingles?

 

A língua não é nenhum problema. Temos tradutores oficiais em todas as línguas, que estarão presentes durante a cerimônia para fazer de conetor entre ustedes e o juiz.

 

  • Os preços que figuram na seção "Programas", há que lhe-sumar algum imposto u outro gasto?

 

Absoluta e categoricamente NÃO. Os preços são finais, incluem todos os impostos, e não há nenhum outro gasto pelo que tenham que pagar. Cada programa inclui todo o descrito entre suas caraterísticas.

  • ¿Qual é a forma de pago?

 

Uma vez estabelecida a data de sua cerimônia, deverão realizar um depósito ou transferência a nossa conta bancária, pelo 25% do valor do programa escolhido. Dentro das 48 horas, receberão por correio electrónico os detalhes, vouchers e comprovantes da reserva a seu nome no hotel e os serviços adquiridos. Uma vez em Buenos Aires, logo de realizado o Check In, passaremos-os a buscar e vendrao a nossas oficinas onde entregaremos-lhes os detalhes do programa, presentes de bem-vinda, e pagarao em efetivo o 75% restante.

 

  • ¿Quanto tempo antes da cerimónia debemos estar na Argentina?

 

Os trámites debem se iniciar 10 días antes da ceremónia. Nós o fazemos por vocês para lhes evitar ter que viajar com tanta antecipação. 4 días úteis antes da cerimônia, devem se apresentar vocês no Registro Civil para assinar folhas administrativas (nós os acompanhamos e indicamos qué fazer paso a paso) e apresentar documentação.

 

  • ¿Podemos escolher a data na que gostaríamos contraer matrimónio?

 

Vocês podem eleger a semana na que vão contrair matrimónio, e por suposto, podem eleger um dia e horário de preferência. Devido a grão e simultánea demanda de datas, não podemos lhes-garantizar o dia e horário exato, mas sim lhes-garantizamos essa semana. A data e horário exato, o sabrao uma semana prévio ao casamento.

 

  • ¿O qué fazem vocês, e o qué temos que fazer nós?

Os primeiros trámites começam 10 días antes da cerimónia. Nós completamos todos os formulários de vocês, e os presentamos nas oficinas correspondentes. Gestionamos o dia, hora e oficina onde se celebrará sua boda. Coordinamos que haja alguém os esperando no aeroporto quando arribam ao pais, e os levamos a seu hotel, que está incluído dentro do programa.

Vocês só devem desfrutar do programa, de Buenos Aires, e se-apresentar no registro civil (nós estaremos com vocês, os acompanhamos e lhes indicaremos o que fazer paso a paso), 4 días antes da cerimónia, a assinar documentos de rotina.

  • ¿Existem riscos ou alguma razão pela que poderiam nos negar o direito de contrair matrimónio?

 

Absolutamente não. A lei é clara, existe desde o ano 2010, está oficialmente aceptada e em vigência plena. Nunca jamais, em nenhuma ocasião, negaram ou proibiram uma boda. Nem para argentinos nem para turistas. Nem para matrimónios homosexuais nei para heterosexuais.

 

  • ¿Temos que permanecer na Argentina durante algum tempo logo da cerimónia?

 

Não. Na mesma cerimônia se lhes entrega a libreta de matrimónio, e a partir dalí, são livres de administrar seus tempos a seu gosto.

 

  • ¿Que acontece e quanto custa ser divorciado (um de vocês ou casal)?

 

Caso seja/m divorciados, o custo total do pacote escolhido aumenta 300 dólares pelos prévios e obrigatórios trâmites que a lei Argentina respeito à matrimônio igualitário exige. Estos trâmites são a tradução e legalização do certificado de divórcio e matrimônio solicitados ao casal desde seu país natal.